SOMOS TODOS CRISTIANO ACIOLI.



O advogado Cristiano Caiado de Acioli estava, hoje, no mesmo voo do ministro do STF Ricardo Lewandowiski. Acioli expressou aquilo que 99% dos pagadores de impostos pensam: “O STF é uma vergonha”. Lewandowiski ameaçou prendê-lo.

Lewandowiski, é um funcionário público como outro qualquer. A diferença é que adorna as costas, de vez em quando, com uma capa preta. O STF que abriga gente da espécie de Gilmar Mendes e Dias Toffoli, tornou-se um sindicato rastaquera daqueles que explodem os portões das fábricas.  Em conluio com o Senado, conseguiu aumentar os próprios salários em uma manobra espúria se já não fosse absolutamente imoral e vergonhosa.  

O jornalista André Shalders da BBC Brasil levantou dados da CEPEJ- Comissão Europeia para Eficiência da Justiça. É estarrecedor. Os juízes da Suprema Corte da Europa ganham menos que os nossos ministros: salário de R$ 23,9 mil/mês enquanto, os nossos capas-pretas, antes do aumento, recebiam R$ 33,7 mil.  E como se não bastasse, Raquel Dodge ainda vitupera contra a extinção do odioso auxílio moradia.

O STF custou para nós, os pagadores de impostos, meio bilhão de Reais em 2016.  O jornal O Estado de São Paulo ,em matéria de 02.12, desvenda que a máfia togada conseguiu expandir seus gastos com a folha de pagamento em inacreditáveis 297% entre 1995 e 2017.

O STF é um peso insuportável e, claro, uma fonte de ira constante, para nós, os pagadores de impostos. Vejam vocês, caros leitores, uma foto do descalabro que somos forçados a sustentar.

São 1216 funcionários, 306 estagiários e 959 terceirizados (o que dá cerca de 222 pessoas para cada ministro). Dentre eles se encontram:
25 Bombeiros
85 Secretárias
293 Vigilantes
194 Recepcionistas
19 Jornalistas
29 Encadernadores
116  Auxiliares de Limpeza
24 Copeiros
27 Garçons
8 Auxiliares de Saúde Bucal
12 Auxiliares de Desenvolvimento Infantil
58 Motoristas
7 Jardineiros
6 Marceneiros
10 Carregadores de Bens
5 Publicitários.

Cristiano Caiado de Acioli, foi admoestado pela Polícia Federal por conta de seu singelo protesto.
“Sou pessoa que tem retidão na vida, procuro não fazer mal aos outros, sou uma pessoa patriota, serena, amo o Direito e o País e acho que todo o cidadão tem direito de se expressar e sentir vergonha ou não pelo Supremo Tribunal Federal. Eu disse o que penso”.
Não só você, caro Cristiano. Nós, os pagadores de impostos temos raiva e vergonha do STF. Este estado de coisas tem que acabar.

posts parecidos

Cotidiano

Conectividade de A-Z

O CANAL PARA FALAR DA CONEXÃO HUMANA.

Aqui você tem voz. Pode contribuir, sugerir, criticar, propor temas, discutir e ampliar o escopo do Blog. Nossa conexão poderá fazer a diferença.