OS PORÕES DA MENTE HUMANA E SUA TETRA-CHAVE INVIOLÁVEL




Richard Faulhaber (62 anos) está em greve de fome dentro de uma tenda armada pelo MST em Porto Alegre. Filiado ao PT desde 1981, diz ele que vai levar o seu “sacrifício” até o limite de suas forças. O motivo? Autoimolação pela defesa do condenado e multiprocessado Lula da Silva. Faulhaber, com seu sobrenome de origem germânica, não parece ser um desses ignorantes que acreditam em mulas sem cabeça. Só que não. Apesar de economista e seus 62 anos, aparentemente bem vividos, Faulhaber é mais um fervoroso fanático que prefere adotar o desprezo radical às verdades factuais que soterram a reputação de seu ídolo. Vai entender...

Não há mesmo explicação para o comportamento delirante dos Faulhabers. Tampouco existe cura para o descerebramento terminal que acometeu Gleisi Hoffmann. Ela, como se sabe, não se envergonha em admitir que há gente disposta a morrer por corruptos contumazes. E isso é tão somente a parte visível do iceberg. A outra parte, abriga crenças indecifráveis, valores ilógicos e princípios morais fraudulentos compartilhados por uma seita de fanáticos. Eles acreditam piamente que a Terra é plana e que vale a pena morrer para ir ao encontro de setenta  virgens libidinosas no paraíso perdido de suas ideias indefensáveis.

Alguns de meus leitores, infelizmente, ainda defendem o voto nulo ou seu irmão siamês, o não-voto nas próximas eleições de 2018. São pessoas de elevada escolaridade. A eles, uma vez mais, argumento que os admiradores de Lula da Silva são os mesmos que veem Nicolás Maduro como benfeitor humanitário e Kim Jong-un como emissário divino para a instalação da paz universal no planeta.  Não há nada que impeça que a idolatria fervorosa dessa gente deposite seu voto no próprio Belzebu se esse, candidato fosse, por seu partido.  

Eles alegam que se o sistema está irremediavelmente corrompido não vale a pena votar em ninguém. Ledo engano! Existe uma turba numerosa e fiel que votará em Lula e seus representantes mesmo se todos fossem condenados pelo tribunal dos anjos celestiais presididos por Jesus Cristo. Por isso, precisamos de todos os votos possíveis dos cidadãos de bem!

Quanto ao nosso patético Faulhaber, descobri que um de seus prováveis antepassados, o cardeal Michael von Faulhaber e arcebispo de Munique, devotou sua vida na luta pela ética e pelos princípios morais. É dele a frase
“um bispo católico não pode ficar silencioso quando a conservação das bases morais de toda a ordem pública está em jogo."

Como se vê, idade, grau de instrução, nível cultural, classe social, origens hereditárias não significam absolutamente nada para os integrantes das herméticas associações centradas no fanatismo indestrutível. Estão todos lá, aprisionados, para sempre, nos porões de suas próprias crenças, trancafiados por tetra-chave inviolável.


posts parecidos

Eleições 2018

Conectividade de A-Z

O CANAL PARA FALAR DA CONEXÃO HUMANA.

Aqui você tem voz. Pode contribuir, sugerir, criticar, propor temas, discutir e ampliar o escopo do Blog. Nossa conexão poderá fazer a diferença.