SRS. POLÍTICOS. O GATO SUBIU NO TELHADO.



Não é preciso ir até a Ilha da Páscoa para conhecer de perto os célebres Moais-aqueles dorsos gigantescos de pedra com uma cabeça enorme. Eles migraram em massa para o Brasil em uma versão piorada. Lá, ao que parece, eles representam uma homenagem aos líderes mortos. Aqui, eles são a encarnação das ideias petrificadas que nos arrastam, inexoravelmente, para o caos e a insignificância. 

Fico sabendo que lá existem 887. Aqui, a conta é muito maior. Coloque-se nesta operação políticos de todas as tendências, juristas de todas as instâncias , empresários inescrupulosos, artistas  oportunistas e ,claro, uma expressiva parcela de cidadãos descerebrados e manipuláveis.

E o país, sem a pressão dos cidadãos de bem, segue com o foro privilegiado, um congresso que acoberta criminosos comuns e a casta de privilegiados que gozam de estabilidade eterna em seus empregos públicos, salários muito acima do mercado e aposentadorias pornográficas. Não há mesmo como fazer as reformas secularmente adiadas. Nem com este nem com nenhum governo.

A questão central é clara: esta gente odeia o país e seu povo honesto. Para eles a única agenda defensável é aquela que possibilite a perpetuação de seu modus vivendi. Ter uma Petrobrás, um Banco do Brasil, Correios, Eletrobrás, Caixa Econômica e milhares de estatais ineficazes em que melhora a vida do cidadão comum? Em absolutamente nada! Entretanto, as privatizações não são uma pauta dos pagadores de impostos. 

A nação tornou-se refém dos neo escravocratas metamorfoseados em sindicalistas e cabos eleitorais de franquias políticas que mudam de nome para iludir os pobres de espírito. É preciso ter coragem para colocar na cadeia os Lulas e Aécios e peitar os corvos do STF que querem impedir de por atrás das grades criminosos julgados em segunda instância. 

Mas, parece que o gato subiu no telhado. Todos os dias são publicadas pesquisas que indicam que a paciência do eleitor está por um fio.  Vejam o que nos dizem as últimas:





É urgente a necessidade de renovação do Congresso Nacional. Mesmo a minoria de parlamentares sobre os quais nada consta em termos penais não foi corajosa o suficiente para apoiar as mudanças seculares que o país demanda para se tornar , efetivamente, uma nação moderna e inclusiva.

Por isso, em 2108, não reeleja ninguém!

 

posts parecidos

Política

Conectividade de A-Z

O CANAL PARA FALAR DA CONEXÃO HUMANA.

Aqui você tem voz. Pode contribuir, sugerir, criticar, propor temas, discutir e ampliar o escopo do Blog. Nossa conexão poderá fazer a diferença.