GRETCHEN, ENFIM, GANHA O PLANETA!



Poucos conseguem transitar pelos círculos das paixões e vaidades como o escritor alemão Johann Wolfgang von Goethe (1749-1832). Na sua obra-prima Fausto, Gretchen é a encarnação da dualidade que faz do bem e do mal irmãos gêmeos de sinal trocado. Como toda donzela de um verdadeiro thriller, Gretchen é o personagem que dá sentido à nossa própria humanidade sendo ,ao mesmo tempo, pura e impura, anjo e demônio.

 No poema de Goethe, ela sente, a todo o momento, a presença de MefistófolesDr. Fausto, como sabemos, vendeu sua alma ao capeta em troca de prazeres, riqueza e poder. Mais ou menos como o que ocorre em Brasília.

O Brasil também tem a sua Gretchen. A nossa (no batismo, Maria Odete Brito de Miranda) é um personagem igualmente surpreendente. Tanta fartura de atributos não passaria em branco em nenhum romance de Flaubert a Machado de Assis ou de Gogol a Kafka, tanto faz. O certo é que, na era dos mitos instantâneos, Gretchen chegou ao topo.

E não deve ter sido fácil. Tudo começou quando, antes de fazer 19 anos, ela apostara com seus colegas do Colégio Objetivo (sim, ela estudou lá) que conseguiria se apresentar na TV. E, no dia 28 de maio de 1978, no show de calouros do Programa Silvio Santos ela “causou” interpretando “Dance a little bit closer” sucesso de María Del Rosario Mercedes conhecida como Charo. Eram tempos de disco music (verdadeiros clássicos sinfônicos comparados à metástase musical em que sucumbimos hoje).

Katheryn Elizabeth Hudson, mais conhecida como Katy Perry, você talvez só conheça se tiver netos. Ajudo. Trata-se de uma pop star norte-americana que além de cantora é compositora e (se isso vale alguma coisa) acaba de atingir 100 milhões de seguidores no Twitter. Miss Perry é jovem, loura e linda. Sua música hipnotiza teens  e tais.



Por estes mistérios do cyberspace, Miss Perry apaixonou-se pela persona Gretchen. A rainha do bum-bum está todinha no recentíssimo clip de lançamento de “Swish, Swish” (composição de Kate Perry e Nicki Minaj) faixa do disco Witness. O clipe saiu ontem, dia 3 e estremeceu a rede em escala planetária (veja aqui mesmo neste Blog-postagem anterior).

Deixo que a própria web lhe conte:  a hashtag #SwishSwishGretchen chegou ao topo dos assuntos mais comentados no Brasil e ficou em segundo lugar no mundo.

“Ainda há dúvidas que Gretchen é a próxima presidenta do Brasil?” kkk

“This is amazing. Who is this woman?” (Isto é incrível. Quem é essa mulher?)
Resposta dos fãs brasileiros: “É a Gretchen, a rainha dos memes e do bumbum. Ame a deusa brasileira ou chore”.

Katy vai receber seu primeiro Grammy graças à Gretchen”

“O bullying com a Gretchen resultou nela se transformando em diva internacional do pop” #SwishSwishGretchen

Os gringos estranharam que a maioria dos comentários estivesse em Português e os brasileiros não deixaram barato : “Use the Google translator”. Kkkkkkkkkkk

“Parabéns, Gretchen (embora eu nunca tenha sido seu fã) E viva os invejosos, pois sem eles o sucesso alheio não teria tanta importância... É uma delícia ver tanta gente morrendo de inveja. Uma delícia !!!!!

“Taylor (a rival, Taylor Swift) chamou um batalhão pro clipe de Bad Blood. Katy só precisou da Gretchen. #SwishSwishGretchen

Poucos sabem mas GIF em inglês significa Gretchen Internet File”KKKkkkkk
“Anitta: Gente, estou me lançando no mercado internacional
Gretchen: SWISH SWISH BISH”

Segundo Otaviano Costa, apresentador do Vídeo Show (Globo), a própria Kate passava instruções para a filmagem do clip que foi feita em Salvador. Miss Perry declarou o seguinte a um repórter que lhe perguntara “Por que Gretchen?”
Resposta: “She´s amazing. She´s iconic. She’s the internet” Nem precisa traduzir.

Ah! ... No final de Fausto, Gretchen é perdoada de todos os seus pecados e redimida. “Ela está salva”. Diz uma voz vinda dos céus.

Amém.

posts parecidos

Cultura

Conectividade de A-Z

O CANAL PARA FALAR DA CONEXÃO HUMANA.

Aqui você tem voz. Pode contribuir, sugerir, criticar, propor temas, discutir e ampliar o escopo do Blog. Nossa conexão poderá fazer a diferença.