O FIM DA ERA RENAN.





As manifestações de ontem começam a dar resultados práticos.
O ministro Marco Aurélio Mello do STF acaba de aceitar, em caráter liminar, o pedido da REDE para
o impedimento de Renan Calheiros como Presidente do Senado.
Não é pouca coisa. Lembra-se daquela música que diz "cai o rei de ouro, cai o rei de prata , cai o rei de paus, cai, não fica nada..." ?
A situação dos políticos venais vai se tornando insustentável como um bêbado equilibrista.

Logo, logo, veremos congressistas corruptos cantando "O meu mundo caiu". E, nós, cidadãos de bem, que sempre reconhecemos que apesar de nossa "grande pátria (ser) desimportante em nenhum instante vamos traí-la".

Esta felicidade não deve ser como a da "pluma que o vento vai levando pelo ar". Tampouco deve ter a vida breve. O vento que mantém viva a pluma da nossa esperança precisa ser soprado todos os dias, todos os minutos. O Brasil tem fôlego para derrubar todos os vilões. Aos patéticos que andam dizendo que o povo deve comer alfafa dizemos que eles não merecem a comida que nós pagamos pra eles...

As músicas aqui mencionadas:

1. Cartomante - Ivan Lins (1977)
2. O Bêbado e a Equilibrista - João Bosco e Aldir Blanc (1978)
3. Meu mundo caiu - Maísa (1958)
4. Brasil - Cazuza (1988)
5. A Felicidade - Antônio Carlos Jobim e Vinícius de Morais (1959)
6. Último Desejo - Noel Rosa (1937)





posts parecidos

Política

Conectividade de A-Z

O CANAL PARA FALAR DA CONEXÃO HUMANA.

Aqui você tem voz. Pode contribuir, sugerir, criticar, propor temas, discutir e ampliar o escopo do Blog. Nossa conexão poderá fazer a diferença.