A ESQUERDOPATIA SULAMERICANA EM SEUS ESTERTORES.



Gabriela Montero é uma das melhores pianistas do continente na atualidade. Ela é venezuelana e está no Brasil para três apresentações na Sala São Paulo com a nossa OSESP (Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo) regida por Marin Alsop.

Antes de deslumbrar os aficionados da música erudita com o concerto de Grieg, Gabriela deu uma entrevista ao jornalista João Luiz Sampaio. Seu veredito é definitivo: “A Venezuela é uma ditadura macabra. É um país devastado econômica e moralmente onde a vida não vale nada”.

O patético bufo-ditador Hugo - Por qué no te callas - Chávez (1954-2013) já havia destroçado o país em seus 14 anos de governo bolivariano (aquele que consegue martirizar os cidadãos com o que há de pior do populismo e do caudilhismo). Ao seu sucessor, o ex-motorista e líder sindical com formação em Cuba, Nicolás Maduro, coube conduzir o país à cova rasa onde jazem todas as ditaduras de esquerda.

A Venezuela bolivariana regrediu ao estágio primitivo tribal em que seus infelizes cidadãos lutam desesperadamente para conseguir a proeza de realizar pelo menos, uma refeição diária. Uma pesquisa independente realizada recentemente, constatou que 87 % dos venezuelanos não possuem mais recursos para comprar comida.

No circo de horrores em que o outrora rico país caribenho se tornou, a escassez terminal de bens e recursos faz com que os funcionários públicos só possam trabalhar dois dias por semana por conta do racionamento de energia; não haja mais caixa para pagar salários e aposentadorias e, humilhação das humilhações, o governo não tem nem mais dinheiro para imprimir seu próprio dinheiro. E tudo isso com uma hiperinflação de 500% ao ano!

O governo de Dilma Vana não chegou tão longe (apesar de seu inequívoco potencial). Os esquerdopatas são mestres na destruição de povos e nações. Por aqui o tic-tac do relógio da libertação corre célere. Em 11 de maio despertaremos do pesadelo lúgubre que nos foi imposto pelos dementados de Vanalândia.

A herança funesta do lulopetismo far-se-á sentir por décadas. A situação das contas públicas é tão ruim que nem com três CPMF´s conseguiríamos cobrir o rombo de 120 bilhões de Reais ao ano.

Enquanto isso, petistas e seus acólitos de diferentes graus de estultice, lançam mão do recurso escatológico que diferencia homens de animais. Defecam e urinam em público sem pudor. Antes cuspiam nos cidadãos de bem. Nunca o decesso de um partido político foi tão repugnante.

posts parecidos

Política

Conectividade de A-Z

O CANAL PARA FALAR DA CONEXÃO HUMANA.

Aqui você tem voz. Pode contribuir, sugerir, criticar, propor temas, discutir e ampliar o escopo do Blog. Nossa conexão poderá fazer a diferença.