A TENEBROSA VIDA DUPLA DOS ESQUERDOPATAS.




Os apedeutas de esquerda, como se sabe, conseguem a proeza de elevar a sua ignorância inata a um patamar inalcançável. A cada delito ,amplamente provado e comprovado de seus líderes, seguem eles, como avestruzes patéticas, enterrando seu pescoço no poço de uma estupidez sem fundo. A profusão de fatos que substanciam o desvio ético patológico de seus ídolos não os arreda um milímetro sequer do mundo paralelo da mentira e do embuste que escolheram para si.

É assim desde sempre. Enquanto a “economia planificada” do comunismo russo entrava em colapso a elite do regime soviético vivia uma vida de privilégios, luxos e riqueza. Os novos czares, obviamente, vituperavam da boca pra fora repetindo o discurso antiburguês e anticapitalista enquanto se refestelavam em suas datchas às margens do Mar Negro.

Você, caro leitor, me diga se já ouviu alguma palavra de recriminação dos comunistas brasileiros à nababesca vida de Fidel Castro em sua ilha privada de Cayo Piedra com quatro iates na marina, um barco de pesca, aquário de golfinhos e cerca de cem serviçais à sua disposição. Tá tudo no livro “A vida secreta de Fidel” escrito pelo jornalista francês Axel Gyldén e pelo ex-guarda-costas do ditador Juan Reinaldo Sánchez. Isso sem falar das vinte residências e uma reserva particular para caça do sanguinário revolucionário de Sierra Maestra.

A lambança continua em todos os regimes autoritários de esquerda e isso já é notícia velha. A família do finado ditador bolivariano Hugo Chávez ostentava, sem pudor, todos os símbolos possíveis de riqueza na Venezuela carente de papel higiênico. Maria Gabriela Chávez, filha do déspota, segundo conhecida reportagem do Diario de las Américas possui, presumivelmente, algo como 4 bilhões de dólares distribuídos em bens nos Estados Unidos e contas em bancos de Andorra.

O discurso de Chávez quando tomou o poder? “Ser rico es malo, es inhumano”. Chávez terminou seus dias sem poder reclamar: 17 propriedades, frota de automóveis de luxo e muito dinheiro em contas no exterior. Tudo somado dá a bagatela de meio bilhão de dólares segundo o ex-deputado Wilmer Azuaje.

E no Brasil de Jaques Wagner a esquerdalha se lambuzou e lambeu os beiços. Marisa Letícia compra um barco para pescar no lago do sítio em Atibaia. A entrega foi feita pelo caminhoneiro José dos Reis. O funcionário “Baiano” o recebeu e pediu ao entregador que não contasse nada a ninguém. A reforma do sítio foi bancada pela Odebrecht e coordenada pelo engenheiro Frederico Barbosa da empresa. O sítio com 173 mil metros quadrados está no nome de Fernando Bittar e Jonas Leite Suassuna. Ambos são “sócios” de Fábio Luís, filho de Lula. Leia a matéria completa na Folha de São Paulo de hoje.

O tríplex do Guarujá? Bem, aguardamos ansiosamente o depoimento de Lula e Marisa (como investigados) ao Promotor do Ministério Público de São Paulo Cássio Conserino no próximo dia 17 de fevereiro.

Enquanto isso, pesquisa do IBOPE aponta que 82% dos brasileiros acham que o país está no rumo errado e 65% dizem ser a corrupção o maior dos males do país.

Tem mais... Neymar está sendo denunciado pelo MP por sonegação fiscal e o sindicato dos taxistas de São Paulo ameaça “cair de pau” sobre os motoristas do Uber...


Esquerdopatas retrógrados e demais meliantes dos costumes! Não adianta espernear. O processo de depuração ética da sociedade brasileira começou e não há Lula da Silva que consiga fazê-lo parar.

posts parecidos

Política

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para o desenvolvimento deste Blog. Desde já obrigado!

Conectividade de A-Z

O CANAL PARA FALAR DA CONEXÃO HUMANA.

Aqui você tem voz. Pode contribuir, sugerir, criticar, propor temas, discutir e ampliar o escopo do Blog. Nossa conexão poderá fazer a diferença.