E O OSCAR DA CORRUPÇÃO VAI PARA...




Recente pesquisa do Datafolha nos informa que a corrupção é a vilã número 1 do país. Destronou os líderes anteriores que se alternavam entre “Desemprego”, “Saúde”, “Educação” e “Violência”.

A pesquisa foi realizada nos dias 25 e 26 de novembro com 3.541 cidadãos em 185 municípios brasileiros e não deixa margem para dúvidas já que os entrevistados respondiam a apenas uma só questão e a resposta era única e espontânea.

“Qual é o maior problema do país?”
1. CORRUPÇÃO
34%
2. SAÚDE
16%
3. DESEMPREGO
10%
4. EDUCAÇÃO E VIOLÊNCIA
8%
 5. ECONOMIA
5%


Essa pesquisa tem sido realizada desde 1996 e aponta com precisão o grau de temor da sociedade em relação ao problema que mais a aflige. Durante o primeiro mandato de Lula o leviatã era o desemprego (assim como em todo o período FHC). No segundo mandato passou o bastão para a segurança e saúde. 

 Foi na “Era Dilma Vana” que o dragão da maldade incorporou definitivamente o encosto da corrupção. Logo dois anos após seu início de mandato em 2013, a corrupção já era o temor dominante para 11% dos brasileiros. Nunca dantes houvera sido.

Dilma Vana tem se vangloriado amiúde em ser uma pessoa honesta. Grande coisa. Honestidade é um pré-requisito inerente a qualquer cargo público. O melhor exemplo disso é o tão famoso quanto batido caso envolvendo Pompeia Sula (muito aprecio essa duplicidade elegante dos nomes romanos) a segunda mulher de Júlio César. 

A infeliz Pompeia resolveu dar uma festa em homenagem a Bona Dea (Boa Deusa) exclusiva para mulheres. Públio Clódio (que combinação super cool) resolveu entrar de penetra fantasiado de mulher. A montagem do engraçadinho não convenceu e ele foi desmascarado. Levado ao tribunal sob a acusação de sacrilégio, Públio foi inocentado pelo próprio César que além de imperador acumulava o cargo de sumo-sacerdote da religião romana (tudo o que Eduardo Cunha adoraria ser, não é mesmo?).

César, percebendo a infantilidade cometida por seu patrício declarou que ignorava o que se dizia sobre os acontecimentos e concedeu a presunção de inocência à sua mulher. Mas, é claro que a coisa não terminou assim. O imperador acabou se divorciando de Pompeia Sula e sua famosa frase passou à posteridade. “Não basta que a mulher de César seja honrada. É preciso que sequer seja suspeita”. Entendeu, Edinho Silva?

Ah! Já ia esquecendo... A Transparência Internacional https://www.transparency.org o mais renomado órgão mundial de investigação e combate a malfeitos decidiu abrir votação para a escolha do maior caso de corrupção em 2015. Os votos serão apurados no próximo dia 9 de fevereiro de 2016. Os mais votados até as 19:31 h de 10.12.2015 são:

      DESMARCARE UM CORRUPTO
Concorrente
Acusação
Número de votos

1. Félix Bautista Senador da Rep. Dominicana
Enriquecimento ilícito através da fraude em fundos estatais.
3.683
2. Petrobrás
Propinas de USD 2 bi a políticos
2.755
3. Viktor Yanukovych Ex-presidente da Ucrânia
Desvio de milhões de dólares de contas públicas, apropriação indébita e corrupção.
513
4. Ricardo Martinelli  Ex-presidente do Panamá
Corrupção e desvio de USD 100 milhões (recebimento de propina da notória Odebrecht)
356
5. Isabel dos Santos
Filha do Pres. de Angola. Mulher mais rica da África (USD 3.4 bi). O país é o líder mundial de mortalidade infantil.
79


Essa é uma campanha que se propõe a desmascarar os grandes corruptos e corruptores mundiais como forma de divulgar a extensão dos malefícios causados por seus atos e provocar na sociedade o sentido do combate permanente e demanda pela punição exemplar de seus crimes.

Decididamente, não é um prêmio do qual se orgulhar...




posts parecidos

Política

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para o desenvolvimento deste Blog. Desde já obrigado!

Conectividade de A-Z

O CANAL PARA FALAR DA CONEXÃO HUMANA.

Aqui você tem voz. Pode contribuir, sugerir, criticar, propor temas, discutir e ampliar o escopo do Blog. Nossa conexão poderá fazer a diferença.