OBAMA E SEU MOLETOM VERDE-AMARELO

Consta nas pesquisas do antropólogo francês Marcel Mauss que as tribos da Melanésia já praticavam a kula um sistema de trocas de presentes cuja posse demonstrava o grau de importância e prestígio de quem dava e de quem recebia.

Nas civilizações antigas essa prática era disseminada muito mais para a demonstração de poder e grandeza do que para assinalar um simples gesto diplomático de cortesia e amizade entre povos. Diz a História que a famosa Rainha de Sabá presenteou o Rei Salomão com quatro toneladas de ouro e uma quantidade superlativa de pedras preciosas, sedas, incensos e especiarias.

Em 1953, Getúlio Vargas, em nome do povo brasileiro, ofertou à recém-coroada Rainha Elizabeth II da Inglaterra um conjunto de colar e brincos de atordoantes águas-marinhas nacionais. Até hoje essa é uma das peças favoritas do porta-joias real o qual foi posteriormente recheado com um bracelete de igual esplendor também presenteado pelo governo brasileiro. Elizabeth II em sua visita oficial ao país em 1968, claro, usou o presente no jantar de gala oferecido pelo governo brasileiro no Palácio do Itamaraty em Brasília.

Entretanto, a crônica de esquisitices na troca de presentes entre Chefes de Estado é inacreditável. Em 1990, o presidente da Indonésia, Suharto (1921-2008) presenteou o então Presidente dos Estados Unidos Bush-pai com um Dragão de Komodo.  O bicho tinha até nome: Naga. Bush doou o animal ao zoológico de Cincinatti que teve nele um superstar com muitos admiradores até sua morte em 2007.

Na visita de 2003,  o Presidente da Argentina Néstor Kirchner (1950-2010) deu a Bush-filho 140 kg de lã de carneiro. O motivo do presente até hoje não foi devidamente esclarecido.

Mas, nada parece superar em constrangimento a foto que bombou na internet francesa do Presidente François Hollande portando um exótico traje cazaque com direito a gorro de pele e tudo, presente de seu colega Nursultan Nazarbayev por ocasião da visita que o francês fez ao Cazaquistão em 2014.

O regalo de Dilma a Obama - um moletom verde-amarelo com o nome do presidente estadunidense à frente e a palavra Brasil nas costas - apesar de ridículo e despropositado não é nada comparado ao seguro de 50 mil dólares contra mordida de crocodilo que o mesmo Obama recebeu, como presente, do ministro australiano Paul Henderson em sua visita ao país em 2011.

Aliás, o mesmo Obama não titubeou em presentear a soberana britânica Elizabeth II com um prosaico iPad na cerimônia de recepção no Palácio de Buckingham em 2009. Em troca recebeu uma foto da rainha com o Duque de Edinburg em uma moldura de prata.

Bem-humorado, Obama declarou aos jornalistas que não poderia usar em público o inusitado presente recebido de Dilma.  Candidamente, concordou  que talvez o usasse “à noite” quem sabe entre um folguedo e outro com Michelle...


Decididamente, está longe a época em que os presidentes brasileiros sabiam escolher não só os presentes, mas a língua em que se comunicar quando em visitas oficiais a países estrangeiros... 


GALERIA DE FOTOS:

1. Dragão de Komodo - Presente da Indonésia a Bush-pai


2. François Hollande e seu conjunto cazaque


3. Rainha Elizabeth com suas águas -marinhas brasileiras. A coroa foi mandada fazer por ela para compor o conjunto.


posts parecidos

Política

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para o desenvolvimento deste Blog. Desde já obrigado!

Conectividade de A-Z

O CANAL PARA FALAR DA CONEXÃO HUMANA.

Aqui você tem voz. Pode contribuir, sugerir, criticar, propor temas, discutir e ampliar o escopo do Blog. Nossa conexão poderá fazer a diferença.