ENFIM. A MEGALÓPOLE RECONHECIDA.


Gostar do que se desconhece requer um longo processo de aproximação. Algumas cidades são assim. Diferentes daquelas que se tornam íntimas do viajante em poucas horas como o Rio de Janeiro com sua beleza natural única ou Paris com sua inigualável proposta urbana/arquitetônica/cultural. Listas das mais bonitas cidades do mundo existem às pencas. Se você tiver paciência com este tipo de cultura subjetiva inútil vai se deparar com as escolhas mais discutíveis e menos prováveis. Somente Paris (unanimidade), Veneza e Florença aparecem em quase todas.

Claro que cidades podem ser analisadas sob outros critérios como multiculturalismo, vibração espiritual ou celeiro de criatividade. Se os parâmetros, entretanto, forem pujança econômica e influência global São Paulo está entre as TOP 10. É a décima cidade mais rica do planeta com um PIB de 390 bilhões de dólares e sede de uma das mais importantes bolsas de valores mundiais.

Poucas metrópoles são tão energéticas quanto São Paulo e foi exatamente isso que deixou embasbacados dois jovens estadunidenses  Walker Dawson (fotógrafo) e Nick Neumann (cineasta).  Eles publicam o sítio http://wearebreakingborders.com/  e veja o que disseram sobre a megalópole paulistana: “ Esqueça o Rio de Janeiro e Buenos Aires; este é o lugar que você precisa ir se quiser conhecer a verdadeira metrópole sul-americana” .

Isso não é nenhuma novidade para aqueles que amam esta fantástica cidade. Em julho de 1959, a diva alemã, naturalizada estadunidense, Marlene Dietrich (1901-1992) esteve no Brasil para shows no Rio e em São Paulo. Em uma entrevista à imprensa lhe foi pedida sua opinião sobre nossos dois maiores centros urbanos. Sua resposta não poderia ter sido mais eloquente: “Rio is a beauty but São Paulo is a city” ( O Rio é uma beleza, mas São Paulo é uma cidade).

Curta o vídeo feito pelos rapazes do Breaking Borders intitulado “Sao Paulo- the most underrated city in the world” (São Paulo – a cidade mais subestimada do mundo).
De brinde pra você, Marlene Dietrich cantando (com sua voz inconfundível) "Luar do Sertão" em sua passagem pelo Brasil. Cauby Peixoto foi o seu "coach" de pronúncia. Imperdível!


posts parecidos

Cultura

Conectividade de A-Z

O CANAL PARA FALAR DA CONEXÃO HUMANA.

Aqui você tem voz. Pode contribuir, sugerir, criticar, propor temas, discutir e ampliar o escopo do Blog. Nossa conexão poderá fazer a diferença.