EM DEFESA DO DIREITO DE ESCOLHA.


A ignorância, como se sabe, é a mãe de todos os males. O ignorante torna-se preconceituoso por não saber separar o joio do trigo das ideias. E assim ,em sua estreiteza de pensamento, passa a generalizar as aparências tomando-as como fatos inquestionáveis.

O preconceituoso, por motivos obscuros, decidiu acreditar em algo que não tem nenhum fundamento científico nem está embasado em nenhuma evidência factual. É assim com o preconceito racial que pretende colocar a cor da pele como elemento restritivo ao reconhecimento da igualdade dos indivíduos. E não adianta a ciência ter destroçado todos os argumentos que davam guarida a esta crença absurda. O preconceituoso continua atolado até o pescoço no seu pântano trevoso.

Há preconceito para tudo. Sexual, religioso, social, político, estético, educacional, geográfico, histórico, musical, desportivo. Todos têm direito a ter seus próprios preconceitos. O problema é quando eles ultrapassam os limites da civilidade e descambam para a perseguição, humilhação e atitudes odiosas que ferem direitos constitucionais de minorias ou segmentos da sociedade.

Nestas eleições, muitos brasileiros das regiões mais ricas se voltaram contra os compatriotas do nordeste pelo simples fato de que eles exerceram seu direito democrático de votar no candidato cuja proposta lhes pareceu mais adequada aos seus anseios. Idiotice pura. O preconceito contra uma determinada região geográfica, sua gente e sua cultura nos remete aos hediondos crimes contra a humanidade que já foram perpetrados pelos nazistas contra os judeus e agora pelo Estado Islâmico contra os ocidentais e não-mulçumanos em geral.

O rico estado do Rio Grande do Sul votou maciçamente na candidata do Partido dos Trabalhadores como nos mostra o infográfico abaixo publicado no sítio do jornal Folha de São Paulo. Não me consta que tenha havido nas redes sociais algum tipo de ofensa aos gaúchos. O motivo é tão simples quanto risível: este estado está situado na região Sul.

Veja o mapa das votações nos municípios gaúchos. As áreas em vermelho mostram a preferência do eleitor rio-grandense pela candidata Dilma Rousseff.
 
 

Dos preconceituosos não se espera nenhum lampejo racional. Caso contrário, uma simples análise dos percentuais de votação em todas as capitais do Nordeste lhes mostraria que o número de eleitores em Aécio e Marina ,em 55,5 % dos casos, superou os votos em Dilma (acaba de ser divulgado na mídia que o PSB de Marina declarou seu apoio formal a Aécio Neves).
 

Veja o quadro:
 

Capital
Aécio+Marina %
Dilma %
São Luis
46,50
49,54
Teresina
41,22
55,90
Fortaleza
43,00
51,63
Natal
52,10
42,31
João Pessoa
56,15
40,05
Recife
70,62
26,20
Maceió
63,55
31,54
Aracaju
56,13
38,09
Salvador
46,71
49,33


Atente, também para estas duas cidades. Campina Grande é a segunda cidade mais importante da Paraíba e importante polo industrial. Buerarema fica a 458 km ao sul de Salvador e tem no cultivo do cacau sua principal atividade econômica.
 

Cidade
Aécio+Marina %
Dilma %
Campina Grande -PB
63,55
32,10
Buerarema-BA
72,25
25,74


A propósito, 43% dos gaúchos votaram em Dilma. Este percentual está acima da média nacional de 41,59%. Isso os preconceituosos certamente não sabem...

 

posts parecidos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para o desenvolvimento deste Blog. Desde já obrigado!

Conectividade de A-Z

O CANAL PARA FALAR DA CONEXÃO HUMANA.

Aqui você tem voz. Pode contribuir, sugerir, criticar, propor temas, discutir e ampliar o escopo do Blog. Nossa conexão poderá fazer a diferença.