PRECISAMOS DE UMA COPA DO MUNDO?



Agora é tarde. A despeito de tudo não tem mais jeito. A Copa vai sair mesmo. Para o mentor de tudo isso, Lula – o lunático, pouco importa que o governo tenha que gastar cerca de 8 bilhões de reais com a construção de estádios muitos dos quais com destino incerto após o torneio. Os três estádios privados  Arena da Baixada ( Atlético Paranaense), Beira-Rio (Internacional) e Itaquerão (Corinthians) representam  um investimento de 1,59 bilhões de reais, ou seja, pífios 16,5% do total.

Não chega a ser novidade que a gestão de projetos do governo beire o desastre haja vista as obras do PAC que não andam. Em abril de 2012 os relatórios do governo previam o investimento de 11,5 bilhões de reais em mobilidade urbana - um legado altamente benéfico às nossas cidades-sedes. A coisa degringolou. Hoje o governo admite que só investirá cerca de 7 bilhões, ou seja: menos do que o que será gasto com as arenas.

Segundo Fábio Sá, economista da UFRJ, é muito difícil, senão impossível afirmar que um evento como esse terá um impacto positivo no PIB. Se nossa Copa conseguir atrair 500 mil turistas estrangeiros estima-se que o volume de gastos deles seja da ordem de R$ 3 bilhões. Como você vê, a conta não fecha.

A revista Superinteressante fez um estudo sobre a eficácia do nosso investimento na Copa. Ao invés de gastar 7 bilhões com estádios o governo poderia:

A.    Levar água tratada a 2,2 milhões de casas e coleta de lixo a 2,1 milhões - cerca de 20% do déficit de saneamento. Custo de 2,1 bilhões de reais.
B. Levar luz a 1,6 milhão de pessoas no campo – 13% da população sem   acesso à energia. Custo 2,8 bilhões.
 C. Financiar a construção ou compra de 480 mil casas populares - 6% do déficit habitacional. Custo de 2,8 bilhões.
E ainda sobrariam 200 milhões de reais que poderiam ser usados para equipar hospitais públicos muitos dos quais em estado de penúria.
Do bolso da FIFA, uma entidade cuja história recente está mais para “folha corrida” tantos são os deslizes de natureza ética que a ela se imputam , como se sabe, sairão apenas 700 milhões de reais.
A organização não governamental Public Eyes está com a votação aberta para o prêmio de pior corporação do mundo que será conferido em janeiro de 2014. Você poderá conferir no sítio http://publiceye.ch/en/current-ranking/  que a FIFA está em segundo lugar na preferência do público votante logo atrás da empresa russa Gazprom que está furando o ártico em busca de petróleo.
A indicação dos participantes ao prêmio é avaliada pela equipe da Public Eye e pelo renomado Instituto de Ética de Negócios da Universidade de St. Gall – Suíça. A FIFA é acusada de violação dos direitos humanos (direito à moradia, direito de protestar e de trabalhar) por conta de sua política em relação à Copa do Mundo de 2014.
É longa a lista de falcatruas da entidade-mor do futebol mundial. O jornalista português Luís Aguilar explica didaticamente cada uma delas ocorridas na era Blatter em seu livro “Jogada Ilegal”. A relação vai do suborno recebido pelo brasileiro João Havelange (ex-sogro do notório Ricardo Teixeira) e por outros dois dirigentes a entradas para jogos vendidas no mercado negro com autorização do próprio Blatter.
Como brasileiro não desejo que o meu país faça feio na Copa de 2014 e torço para que a organização desse evento, o segundo mais importante do mundo esportivo, esteja à altura de sua relevância.
A imprensa inglesa anda especialmente crítica em relação aos nossos preparativos para a Copa. Hoje, a BBC britânica, em artigo assinado por Ben Smith, com base no desastre ocorrido no estádio do Corinthians levantou  sérias dúvidas sobre a capacidade do Brasil em realizar um evento que seja 100% eficiente “como fez a Alemanha em 2006”.
Talvez não precisemos mesmo de uma Copa do Mundo. Precisamos menos ainda expor nosso orgulho nacional  ao achincalhe internacional devido à incompetência de seus idealizadores.

Que tal jogar uma bolinha neste final de semana para aliviar as tensões?

Grande abraço.

 
 
 
 

posts parecidos

Política

Um comentário:

  1. Caro amigo!
    Concordo que a gastança e grande, mas o povo precisa de pao o circo, com ja diziam alguns imperadores do passado. Eu so fico puto, e que o ze povinho fica so esperando isto a vida inteira, e cada vez fazendo mais filhos. E um culto a pobreza, a mediocridade e ao cativeiro eleitoreiro. Os ricos tambem querem, luz fraterna, bolsa familia, auxilio desemprego, medicos e dentistas gratuitos. Afinal, quanto pagam de impostos por mes. Sera que e so para sustentar os filhos dos outros. Quais sao as vantajens de estudar e trabalhar 10 horas por dia. E melhor ficar esperando pelo governo,morando de frente para o mar, em Ipanema, num morro no Rio de Janeiro!!!

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para o desenvolvimento deste Blog. Desde já obrigado!

Conectividade de A-Z

O CANAL PARA FALAR DA CONEXÃO HUMANA.

Aqui você tem voz. Pode contribuir, sugerir, criticar, propor temas, discutir e ampliar o escopo do Blog. Nossa conexão poderá fazer a diferença.