QUEM DIZ NÃO À CORRUPÇÃO DIZ NÃO À PEC 37.



 
Sílvia Ribeiro é uma de minhas leitoras assíduas. Ela acaba de me enviar o texto acima. Perfeito para a abertura desta postagem. Obrigado, Sílvia.

Somos manchete em todo o mundo. A reação dos órgãos mais respeitados da imprensa internacional oscila entre a surpresa e o aplauso. A maioria admite que ainda é muito cedo para conclusões definitivas. O pronunciamento da Presidente Dilma foi recebido com reservas por quase todos os analistas. Uma das manchetes do jornal português  Correio da Manhã http://www.cmjornal.xl.pt/  diz :”Discurso de Dilma não acaba com protestos”. O espanhol El País informa a seus leitores que “A hora da verdade chegou para o Brasil”.

 Se você entrar em http://www.nytimes.com/pages/world/index.html   se surpreenderá com o volume de informações do New York Times sobre os protestos brasileiros.  Há uma entrevista em vídeo com alunos de uma universidade  carioca sobre uma pesquisa que eles estão fazendo para investigar possíveis ligações entre empresas de transporte público da cidade do Rio de Janeiro com as verbas destinadas ao projeto de mobilidade urbana da Copa de 2014. O título do vídeo é: “Estudantes Brasileiros Vasculham Corrupção”.

A bandeira mais frequente das manifestações tem sido a corrupção. Sou um acompanhante assíduo desse tema na página da Transparência Internacional http://www.transparency.org/ . Resolvi saber o que eles estão dizendo sobre o momento atual. Eles simplesmente criaram uma seção específica sobre os protestos brasileiros. Não é pouca coisa!

 Lá todo mundo poderá ler que “No país que tem realizado progressos na diminuição do fosso entre ricos e pobres as exorbitantes despesas com a Copa de 2014 atingiram um nervo exposto”.

 Apesar de a Presidente Dilma ter afirmado em seu discurso de ontem que não houve destinação de dinheiro público para os estádios, a Transparência Internacional fala o contrário.

Você também pode ler que “A atmosfera política do Brasil mudou após o julgamento do mensalão com alguns setores tentando aprovar leis que tornem mais difícil a apuração de escândalos e limitando desse modo o trabalho da Suprema Corte. Esse também é um dos componentes da fúria dos protestos que eclodem em mais de 80 cidades”. 

A Transparência Internacional sabe do que está falando. A sociedade brasileira também. Diga não à PEC 37.

Em minha próxima postagem mostrarei a você, caro leitor, a posição do Brasil e dos principais países com os quais nos relacionamos no ranking mundial da corrupção divulgado pela Transparência Internacional.

Até lá. Desejo a você uma semana cidadã. Grande abraço.


 

posts parecidos

Conectividade de A-Z

O CANAL PARA FALAR DA CONEXÃO HUMANA.

Aqui você tem voz. Pode contribuir, sugerir, criticar, propor temas, discutir e ampliar o escopo do Blog. Nossa conexão poderá fazer a diferença.