SABE DE QUEM É O SLOGAN “O SER HUMANO EM PRIMEIRO LUGAR”? DUVIDO...


A semana não começou bem. Também o que você espera de um país cujos adolescentes queimam pessoas vivas e quando muito ficarão uns três anos na cadeia? É o novo holocausto, mas sem remorso e punição.

Outro, que tinha a estampa de um adulto e o olhar de um lobo selvagem, estuprou uma mulher num ônibus. Foi detido, mas é menor. Que sorte a dele estar no Brasil, não é mesmo?

A reportagem de abertura do Jornal Nacional mostrou três mulheres americanas na cidade de Cleveland que foram libertadas após dez anos desaparecidas. Estavam no  cativeiro doméstico dos Irmãos Castro e nem bem nos recuperamos dos Irmãos Chechenos...

Na sequência, ficamos sabendo que diplomatas brasileiros são acusados pelos próprios funcionários, de assédio sexual, racismo , homofobia, discriminação e abuso do poder. Tudo isso no Consulado Geral do Brasil em Sydney- Austrália.

Melhor mudar de assunto. Todos merecemos começar a semana com algo mais leve.

Já dizia Jeff Bezos, o presidente da Amazon.com “Branding é o que dizem de você quando você não está por perto”.
 



Branding” é um termo do inglês que quer dizer “gestão da marca”. As marcas são a alma das empresas. Ficaram tão decisivamente importantes que precisam de uma gestão estratégica.

Há marcas, como a Coca-Cola, que sozinhas valem mais do que muitas empresas. Em 2012, pelo 13º ano consecutivo, sagrou-se a marca mais valiosa do planeta. Seu valor de mercado é de quase 78 bilhões de dólares. Isso é mais do que o PIB da Bolívia e Uruguai somados.

Para que uma marca chegue ao Olimpo Corporativo não é só uma questão de trabalho, criatividade e investimento. É preciso muito mais que isso. É preciso VERDADE!

Marcas que prometem o que não podem entregar, mais cedo ou mais tarde são varridas do mercado. Partidos políticos adoram marcas. A do PT, como você sabe é uma estrela. Como na música infantil “era vidro e se quebrou”.

 A do PSDB é um tucano. O pássaro do bico do tamanho do nariz do Pinóquio. Bem eloquente, concorda? A do PMDB apresenta uma labareda vermelha sobre a letra M. A imagem não poderia ser mais simbólica: o que eles querem mesmo é ver o circo pegar fogo.

Agora, o PSC, Partido Socialista Cristão, o partido do Feliciano, é o exemplo acabado de como uma marca pode ser cara-de-pau. Você sabe qual é o slogan deles? “O ser humano em primeiro lugar”. Exceto, obviamente, se ele for gay ou negro...

Há na internet, uma série de gozações sobre marcas. Algumas são hilárias. Compartilho com vocês:

Bob’s. Porque às vezes o McDonalds está cheio.

Giraffas. Porque às vezes até o Bob’s está cheio.

Apple. Adão e Eva pagaram caro demais por uma maçã. Você também.

Colgate. Vamos inventar problemas com sua boca até você comprar.

Ades. Um sabor tão ruim que deve ser saudável pra cacete.

Johnnie Walker. Continue andando. Por que  se for dirigir vai dar merda.

Monange. Nem f****** a Xuxa usa isso de verdade.

Leite de Rosas. A sujeira da pele sai. O cheiro de pobre fica.

Ruffles. Tem até batata nos nossos sacos de ar.

Absolut Vodka. Absolutamente nada é o que você vai lembrar no dia seguinte.

Tim. Você sem fronteira e sem sinal.

American Express. Não saia de casa sem ele mas, por via das dúvidas leve seu Mastercard.
 

Grande abraço e céu azul pra você nessa semana.

posts parecidos

Conectividade de A-Z

O CANAL PARA FALAR DA CONEXÃO HUMANA.

Aqui você tem voz. Pode contribuir, sugerir, criticar, propor temas, discutir e ampliar o escopo do Blog. Nossa conexão poderá fazer a diferença.