A CHEGADA DE LULA AO INFERNO.

Para os nossos antepassados o cenário celeste ornado com a lua e estrelas faiscantes representavam, provavelmente, a ideia mais concreta  de um paraíso destinado aos bons. Ao contrário, com a descoberta do fogo, poderoso e temível, tudo indica que mentes mais criativas perscrutassem  a existência de um local de penas eternas: o inferno.
Este último tem sido tema de inúmeras obras ao longo da história do pensamento humano. O modelo mais aterrorizante , sem dúvida, é o do escritor e poeta italiano Dante Aliguieri (1265-1321) descrito em sua obra  “A Divina Comédia”.
Segundo Dante, que visitou em sonho o local em companhia de seu poeta clássico favorito o grego Virgílio (70 a.C. – 19 a.C), o inferno compõe-se de Nove Círculos, Três Vales, Dez Fossos e Quatro Esferas. Logo em sua porta, que está sempre aberta para quem queira entrar, há a inscrição Lasciate ogne speranza, voi ch'intrate” ( Deixai toda esperança, vós que entrais).

Vai encarar?
De Aristóteles à inglesa Joanne K. Rowling (1965-) autora de Harry Potter o inferno tem sido tema recorrente a nos fazer refletir sobre as consequências de nossas escolhas.
Fiquemos com Dante. Sabe onde ficam os indecisos e covardes que passaram a vida toda sem querer assumir uma posição?  No vestíbulo. Este é o local imediatamente anterior ao Primeiro Círculo. Quem está lá não pode ir nem para o céu nem para o inferno. Sua pena é correr atrás de uma bandeira sendo picados por ferozes vespas. Lembra de alguém conhecido?
O Ministro do STJ, Joaquim Barbosa, segundo a revista Veja recebeu de presente de um admirador o cordel “A Chegada de Lula ao Inferno” de Henrique Vieira Leite. Confesso que passei horas no Google procurando algum trecho desta obra, sem sucesso. Prometo a você, leitor, que a encontrarei e compartilharei aqui, brevemente .
Enquanto isso, vamos nos deliciar com esta hilária anedota que corre na Web...


Lula morreu. Deus e o Diabo brigam porque nenhum dos dois quer ficar com ele.
Sem acordo, pedem a mediadores uma solução, os quais decidem por uma proposta em que
a presença de Lula se alterne: um mês no céu e outro no inferno.
No primeiro mês, Lula fica no céu.
Deus não sabe o que fazer, quase fica louco.
O metalúrgico bagunça tudo. Atrapalha toda a liturgia celeste. Dissolve o sistema de assessoria pessoal dos anjos, tenta formar uma coligação de maioria absoluta na base da compra de votos.
Suborna os arcanjos e os querubins.
Nomeia anjos provisórios aos milhares.
Intervém nas comunicações aos Santos.
Troca as placas das portas de São Pedro.
Envia um projeto de lei aos apóstolos para reformar os Dez Mandamentos e anistiar Lúcifer.
Funda o PTC, o “Partido dos Trabalhadores Celestiais”, com estrela azul clarinho. O
céu vira um caos.
 Deus não vê a hora de chegar o fim do mês para mandá-lo para o inferno.
Quando Lula, finalmente, se vai, Deus respira aliviado. Mas lá pelo dia 20,
começa a sofrer novamente, pensando que dentro de 10 dias terá que voltar a vê-lo.
No primeiro dia do mês seguinte nada acontece e Lula não volta do Inferno.
No  quinto dia, ainda sem notícias, Deus estava feliz, mas logo começou a pensar que,
tendo passado mais tempo no inferno, Lula poderia querer passar dois meses seguidos no Paraíso…
Desesperado com a mera possibilidade, Deus decide ligar para o inferno para perguntar ao diabo o que estava acontecendo.
Ring…ring…ring…!!!
Atende um diabinho e Deus pergunta:
“Por favor, posso falar com o Demônio?”
“Qual dos dois?”, – responde o empregado -
“O vermelho com chifres ou o barbudo filha da puta sem dedo?”

Nota de Rodapé:
O “Oitavo Círculo” está destinado aos fraudadores. Este círculo está subdividido em “Dez Fossos”.  Sabe quem estão no “5º Fosso”? Eles mesmos. Os corruptos.
Seu castigo é a submersão em piche fervente. Os que tentam ficar com a cabeça  para fora são atingidos por flechas atiradas por demônios. Já que em vida, eles se locupletaram burlando a confiança recebida da sociedade, agora sofrem dores atrozes atirados em cavas repletas de lava escura, escondidos,  do mesmo modo que faziam suas tramóias.
Melhor pagar o que devem aqui mesmo no Brasil. Cumprindo um sexto da pena em bom comportamento eles ficam livres como um passarinho... Já pensou se esta lei chega ao inferno?


Grande abraço e excelente semana!

posts parecidos

Destaques

Conectividade de A-Z

O CANAL PARA FALAR DA CONEXÃO HUMANA.

Aqui você tem voz. Pode contribuir, sugerir, criticar, propor temas, discutir e ampliar o escopo do Blog. Nossa conexão poderá fazer a diferença.