VOCÊ CONHECE PESSOAS QUE TÊM AND AO INVÉS DE DNA?


Você  certamente conhece aquela pessoa que tem AND ao invés de DNA.  Explico melhor. A pessoa com AND é aquela que ANDa para trás. O  mundo, ah! Esse não tem   jeito. Deveria ter sucumbido no dilúvio. O Brasil? Jamais deveria ter existido. Não deu e não dará certo nunca. Origem errada, miscigenação improdutiva, índole degenerada. Escutá-la desfiar seu rosário niilista é como autoflagelar-se em um elevador lotado. Suas imprecações são previsíveis e transbordam os mais nefastos preconceitos.

Sobra estultice rancorosa para todos os públicos. Nordestinos? Deveriam ser despejados no Atlântico. Negros? Seres inferiores. Mulheres? Que morram atrás do fogão. Gays? Pobres? Ricos? Japoneses? Marcianos? Ninguém presta. Somente ela deveria obter o salvo-conduto para habitar o planeta.

Essa “pessoa”, negativa como um elétron estéril tem na ponta da língua sua receita de sucesso. Nela somente vinga a discórdia, a exclusão, a separação, o ódio.

O mensalão? Não vai dar em nada. É tudo carta marcada. Eleições? Perda de tempo. O melhor é uma boa ditadura. Respeito às diferenças? Pra quê se o espelho já  lhe mostra quem é o modelo...

Para a pessoa com AND tudo é mau, errado, desprezível e supérfluo. Somente ela e seus valores são bons o suficiente para formatar a sociedade.

Conheci uma dessas pessoas em minha última viagem pelo Sul do Brasil. Se você pensa que se trata de um ignorante qualquer, saiba que é diplomada e bem de vida.

Começou falando mal do Nordeste. Para ela o “sul deveria se separar do resto” pois “o resto” não vale nada.

Coitada. Deveria, já que se considera tão culta e bem informada, ler as “n” matérias sobre esta região que, finalmente, está virando o jogo e crescendo muito mais que a média nacional.   

O Nordeste brasileiro vive o maior período de desenvolvimento de toda a sua história apresentando índices de crescimento semelhantes aos da China. O crescimento da indústria e do varejo não têm similar no restante do país. Graças a essa pujança a região já representa 18% do consumo de produtos e serviços do país contra 16% do Sul.

 
                                              Fonte: Revista Exame

Segundo pesquisa da consultoria americana McKinsey e divulgada pela revista Exame de 22.08.2012, em 2020 o Nordeste será responsável por 21% do consumo nacional contra 15% da região Sul.

                                              Fonte: Revista Exame

Os seis estados com as maiores previsões de crescimento até 2020 são todos nordestinos. Pernambuco 193%, Alagoas 186%, Piauí 186%, Paraíba 179%, Maranhão 171% e Ceará 169%. Dos estados nordestinos a Bahia é o que crescerá menos “apenas” 123 %. Em 2020, o Ceará será um mercado consumidor de 45,4 bilhões de Reais enquanto Santa Catarina chegará a pouco mais de 40 bilhões.

É uma mudança radical no mapa do consumo brasileiro com o sudeste e o sul perdendo participação na massa do consumo, o centro-oeste ficando onde está e a região norte com um discreto avanço.

O fato surpreendente desta pesquisa, confirmada pelo estudo “in loco” da Exame é que o grande propulsor do consumo não se encontrará nas capitais nordestinas e sim no interior, comprovando a eficácia das novas políticas industriais, comerciais e agrícolas que estão levando aos grotões ,antes ignorados, os benefícios do progresso.

Na verdade, em 2020, o Brasil será o quinto maior mercado mundial com um consumo previsto de 3,5 trilhões de Reais atrás somente dos Estados Unidos, China, Japão e Alemanha.

Seremos uma nação mais homogênea em todos os sentidos e melhor para brasileiros de todas as regiões apesar do esforço contrário dos elementos com AND. Enquanto eles ANDam pra trás o país, felizmente, segue em frente.
 
Grande abraço.






posts parecidos

Destaques

Conectividade de A-Z

O CANAL PARA FALAR DA CONEXÃO HUMANA.

Aqui você tem voz. Pode contribuir, sugerir, criticar, propor temas, discutir e ampliar o escopo do Blog. Nossa conexão poderá fazer a diferença.