FACEBOOK, BAIDU E ARY BARROSO.

Estava fazendo a minha caminhada matinal quando à minha frente um casal de adolescentes discutia a relação.

A garota que devia ter, no máximo uns dezoito anos (a gente nunca sabe...talvez tivesse menos... essa precocidade atual nos deixa meio sem parâmetro) falava  para o namorado com visível irritação:
Cara, me exclui do teu Facebook, tá legal?
Não tá dando mais pra aguentar essa tua neura
Melhor deixar que a fila ande, sem flashback...
Mas, se um dia você ainda estiver a fim
Sem grilos... a gente se vê na balada
No nível que tá, nossa relação não tem mais nada a ver.

Ao abrir o computador li que o Brasil agora já é o terceiro lugar no mundo em internet ( usuários ativos acessando a rede pelo menos uma vez por mês). Passamos a Alemanha. Agora, com a marca de 46,3 milhões de usuários só estamos atrás do Japão (62,3 milhões) e Estados Unidos (203,4 milhões).

Você deve estar se perguntando onde está a China nesta estatística. Fiquei curioso e acessei o sítio da CIA (isso, mesmo a conhecida Central of Intelligence Acency dos Estados Unidos). Lá fiquei sabendo que a China, em números absolutos, é a primeira do mundo com 389 milhões de internautas. Só que esse número não mapeia as pessoas que acessam a net pelo menos uma vez ao mês. Em termos absolutos, o Brasil é o quarto com 76 milhões de usuários depois do Japão, EUA  e ,obviamente, da China.

A China cria um enorme problema para seus internautas já que lá 30 mil censores vigiam todos os fóruns, redes sociais e praticamente qualquer tipo de tráfego. Comentários indesejáveis ao regime são deletados em questão de minutos.

Será que uma simples briga entre namorados também é motivo para o “escudo dourado” (o nome do aparato censor) entrar em ação? Sabe quem forneceu tecnologia para o “escudo”? A norte-americana Cisco. Mas isso é outra história.

O Facebook está banido da China. Mack Zuckerberg (fundador do Facebook) tenta negociar um acordo com um buscador local , o Baidu ( O Google chinês), para a criação de uma nova rede social. O executivo do Baidu se chama Robin Li. Isso mesmo Robin.   Como esse não é um nome tipicamente chinês, sou tentado a especular se o nome não é uma homenagem ao parceiro do Batman. Mas isso não tem a menor importância.

Li está na Wikipédia. Lá  diz que ele fez doutorado nos Estados Unidos e conheceu sua esposa (também chinesa) em uma festa em Nova Iorque.  Se isso não é globalização não sei o que é.

Mais cedo ou mais tarde a censura não mais será possível na China nem em qualquer outro lugar. Este é talvez o maior mérito da conexão global que as novas tecnologias nos proporcionam.

O homem, super-conectado continuará a ser quem sempre foi: um ser fundamentalmente inquieto e emocional. Lembra do diálogo do casal de namorados no início do texto? O que eles fizeram foi atualizar a versão de uma das músicas mais gravadas dos anos 50 “Risque” de Ary Barroso.

Risque
Meu nome do seu caderno
Pois não suporto o inferno
Do nosso amor fracassado

Deixe
Que eu siga novos caminhos
Em busca de outros carinhos
Matemos nosso passado

Mas, se algum dia, talvez, a saudade apertar
Não se perturbe, afogue a saudade
Nos copos de um bar

Creia
Toda a quimera se esfuma
Como a brancura da espuma
Que se desmancha na areia

Leia de novo e tire suas próprias conclusões:

Cara, me exclui do teu Facebook, tá legal?
Não tá dando mais pra aguentar essa tua neura
Melhor deixar que a fila ande, sem flashback...
Mas, se um dia você ainda estiver a fim
Sem grilos... a gente se vê na balada
No nível que tá ,nossa relação não tem mais nada a ver.
 
Incrível, não acha?  Com Facebook, Baidu ou seja lá o que for somos os mesmos. Melhor que seja assim...
 

 Ouça “Risque” na interpretação única da grande Ângela Maria. Mesmo que você seja da geração “Z” tenho certeza de que vai gostar.

posts parecidos

Destaques

Conectividade de A-Z

O CANAL PARA FALAR DA CONEXÃO HUMANA.

Aqui você tem voz. Pode contribuir, sugerir, criticar, propor temas, discutir e ampliar o escopo do Blog. Nossa conexão poderá fazer a diferença.